sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Resenha: Projeto 94 - Rodrigo Fonseca

Oi Oi Lunatic's! Tudo bem por aqui? Primeira postagem de 2018 saindo quentinha do forno e com muito bom gosto =)
Hoje para iniciar o nosso ano em grande estilo vou trazer para vocês a resenha do livro Projeto 94 do nosso queridíssimo parceiro Rodrigo Fonseca. Esse livro não é novidade aqui no nosso Cantinho, já tivemos primeiras impressões dele nessa postagem aqui, mas agora vamos de resenha mesmo, preparados?

* INFORMAÇÕES:
Título: Projeto 94
Autor: Rodrigo Fonseca
Editora: Arwen
Literatura: Nacional/Ficção Científica
Páginas: 193
Lido Em: Fevereiro/2018
Skoob 
Sinopse: Jake é um jovem prodígio nas corridas devido a sua velocidade fora do comum. É justamente isso que o faz ficar intrigado: como pode correr tanto, a ponto de seus pés mal tocarem o chão? Quando Jake começa a ter estranhos sonhos, as peças deste misterioso quebra-cabeças vão se encaixando e ele embarca em uma aventura em busca de respostas que justifiquem sua alta performance. Filho do renomado cientista Evan Sturguess, dono da clínica Genetic Corporation, Jake vive uma relação conflituosa com o pai, desde a morte da sua mãe. Além dessa grande distância emocional, Jake descobrirá da forma mais dura possível, como alguns segredos podem nos afastar das pessoas e até mesmo mudar nossas vidas para sempre. Jennifer é outra jovem que vê sua vida mudar de repente, observando incomuns acontecimentos envolvendo o poder de sua mente e instintivamente ligando isso a um cartão recebido na infância: um cartão da Clínica Genetic. Projeto 94 é uma aventura onde cinco jovens viverão uma história com mortes, cobiça, paixões, muita adrenalina e emoção. O que é o projeto? Qual seu objetivo?

* MINHAS IMPRESSÕES:
- Trama e Narração:
 A narrativa do livro acontece do ponto de vista de dois personagens que são o Jake (Jacob) e a Jennifer, ambos em momentos diferentes da vida e com vidas completamente diferentes mas que de certa forma convergem para um único lugar. Como nos mostra a sinopse do livro o destino dos dois jovens está ligado a clinica Genetic, que pertence ao pai de Jake e ambos estão descobrindo segredos dentro da própria mente. Desde o inicio do livro acompanhamos a jornada dos dois em busca de resposta para as dúvidas que estão surgindo, somos apresentados as questões sem respostas e junto com eles buscamos explicação para o que está acontecendo. A narrativa é toda feita em primeira pessoa, por tanto só sabemos o que os personagens sabem; a escrita do Rodrigo é leve e flui bem, tanto que mesmo a leitura sendo do livro em PDF é rápida e gostosa de ser feita.

- Personagens:
 Por ser uma narrativa com um narrador personagem somos apresentados aos demais personagens do livro aos poucos, alguns com um papel fundamental na trama e outros que são somente ganchos para descobrirmos os famosos segredos. Mesmo que alguns personagens sejam somente ganchos quase todos os que permanecem na narrativa são necessários a estória. Nós sabemos que existem cinco jovens que devem aparecer na trama, mas não sabemos quem são e de onde eles virão, mas o Rodrigo consegue de uma forma bem interessante integrar tudo sem deixar parecer superficial ou forçado. Devo dizer que senti falta de saber mais sobre os outros três jovens e sobre muitos outros personagens que aparecem e que são importantes para o desenvolvimento da narração, mas como o livro tem continuação (Genes Letais que jã está em lançamento) espero que essas faltas que senti sejam supridas. O Jake não é um personagem que me cativou, pelo contrário até certo ponto do livro o achei muito parado e metido e digo o mesmo do personagem Alex que é seu melhor amigo e faz parte de toda a estória, as brincadeiras dele muitas vezes me davam nos nervos. Já a personagem Jennifer é uma típica personagem feminina cheia de força, forte desde o inicio foi apenas se aprimorando e me conquistando cada vez mais.
" - Jacob Sturguess - Uma voz masculina estranha me interrompe. - Avise ao seu pai que já sabemos tudo sobre você... " 
- Página: 74

- Design:
 Ainda que minha leitura tenha sido feita em PDF devo ressaltar o cuidado da editora com cada detalhe do livro. Todos os capítulos são separados por uma página com o desenho da molécula de DNA, assim como a abertura de cada capitulo também tem a imagem do DNA e quem será o responsável pela narração daquele capitulo.


- Finalizando:
 Projeto 94 é o inicio de uma estória que tem muito ainda para ser contada, desde o começo do livro ao final temos muitas perguntas para serem respondidas e muitas dessas perguntas continuam sem respostas, e me deixa ansiosa pela continuação do livro. É um livro que desperta algumas emoções afinal temos descobertas inesperadas e mortes que não gostariamos que se realizassem. Com poucas páginas e uma narrativa que incita curiosidade e acelera no momento certo, Projeto 94 é um livro gostoso de se ler que merece o seu final de semana e que não nos deixa arrependidos da leitura, o Rodrigo consegue em poucas páginas ser preciso sem ser superficial, não é um livro com páginas para "encher linguiça" e isso faz a leitura ser prazerosa. 
  Mais uma descoberta NACIONAL que merece a atenção do leitor, pois sem dúvidas é um livro com muita coisa para ser desenvolvida ainda e que tem tudo e todas as ferramentas para ser uma paixão.
 E então já conheciam o livro? Conhecem o escritor Rodrigo Fonseca? Vou deixar aqui a página dele no facebook para quem se interessar pelos livros entrar em contato com ele para efetuar a compra, garanto que não irão se arrepender. 
 Por hoje, isso é tudo. Deixem nos comentários a opinião de vocês a respeito do livro, da resenha. Lembrando que toda critica é bem vinda. E para não ficar somente nessa resenha, declaro oficialmente aberta a seleção de parcerias para o blog 2018, tenho muitos planos para esse ano e um deles é dedicar-me mais ao blog, então quem se interessar em fechar parceria conosco basta enviar um email par blogluadeprata@gmail.com

Abraços da Lua!

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Filme Resenha: Extraordinário



Oi Oi Lunatic's, tudo bem por aqui?
Depois do Natal e de alguns dias (semanas mesmo) digerindo esse filme para tentar fazer uma resenha digna, resolvi enfim compartilhar com vocês minhas impressões a respeito do tão aguardado filme "Extraordinário". Vamos Conferir?

* Informações:
Titulo Original: Wonder
Direção: Stephen Chbosky
Gênero: Drama
Duração: 113min
Distribuidora: Paris Filmes
Orçamento: US$ 20 milhões
Estreia: 07 de Dezembro de 2017

* Sinopse:
Filme conta a história de um menino de dez anos chamado Auggie, impedido de frequentar a escola por conta de uma deformidade facial. Começando a quinta série em uma nova escola, ele luta para mostrar aos seus colegas de classe que, apesar das aparências, ele é apenas um garoto comum. 




* Opinião:
Quando decidi assistir ao filme Extraordinário, logo procurei me livrar de todas as expectativas possiveis para que não houvesse uma decepção, afinal é mais uma adaptação cinematografica de uma grande obra da literatura e eu estava com receios de que desse errado, mas para a minha imensa felicidade, saiu um filme que no meu ponto de vista beira a perfeição.


Como todos sabem, o filme irá nos trazer a história de August Pullman, o Auggie, um garoto que tinha tudo para ser comum não fosse uma deficiência de nascença que o fez passar por 27 cirurgias plásticas e ter uma aparência incomum e o seu primeiro contato com o mundo "opressivo" da escola. Aos 10 anos de idade, Auggie que até então era educado pela mãe em casa tem a difícil missão de se integrar ao mundo escolar, uma coisa normal para qualquer criança, mas não tão fácil se você for uma criança especial. Extraordinário traz de forma sutil porém clara o mundo do bullying dentro das escolas, e consegue ainda que de forma sutil nos alertar sobre o tema e o quanto devemos saber lidar com o problema.


A adaptação para o cinema, fica praticamente fiel ao livro, trazendo os vários ângulos da história de Auggie e isso nos permite ver muito mais do que somente o personagem principal vê, nos permite entrar dentro do sentimento de cada pessoa que entra em contato com o pequeno Auggie e sua incomparável forma de conquistar os corações; e sem dúvidas isso é um trunfo grandioso para a obra. A atuação do Jacob Tremblay é incrível e juntamente com a atuação de Julia Roberts, que faz a mãe incrível do Auggie, fica quase impossível segurar as lágrimas. Seria injusta se não citasse a atuação também marcante do pequeno Noah Jupe que interpreta o amigo de Auggie, Jack Will, e a atuação da atriz Izabela Vidovic que interpreta a irmã de Auggie, os dois citados aqui fazem uma atuação também incrível e conseguem nos mostrar o quanto podemos ajudar as pessoas da forma mais simples.


Extraordinário cumpre muito bem o seu papel de nos trazer uma narrativa leve com um tema difícil e complexo, e é capaz de nos fazer ir das lágrimas ao riso em segundos (ou melhor em uma mudança de cena). Assim como no livro, o filme cumpre o seu papel de mostrar o amadurecimento dos personagens ao longo da trama e o amadurecimento da sociedade envolvida, e arrisco a dizer a nos fazer amadurecer um pouco mais como pessoas que integram uma sociedade e que podem interferir diretamente na vida de alguém. É um filme lindo, que ao subir as letrinhas de créditos nos faz ficar imobilizados nas cadeiras e em casa pensando a respeito das nossas atitudes para com o próximo.


Enfim é um filme 5 luas sim, sem sombras de dúvidas e na minha humilde opinião o melhor do ano e que se permite dizer é Extraordinário, que não nos deixa sair vazios do cinema e que merece sim ser assistido várias e várias vezes por todos os tipos de pessoas. E termino esta resenha deixando uma das frases mais marcantes (para mim) do pequeno Auggie.
Beijos e até a próxima postagem!!

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Canal Do Cantinho: Unboxing Da Caixa de Amigo Secreto do ADP

  Oi Oi Lunatic's! Tudo bem por aqui? Eu e a minha menininha estamos ótimas, ela sem dúvidas melhor do que eu porque está aqui dentro só crescendo! A postagem de hoje é em conjunto com o Canal do Blog, e nesse vídeo trouxe para vocês o Unboxing relacionado ao Amigo Secreto de Natal da página Amigos de Páginas do Facebook.

  Pra quem não sabe (apesar de que já falei em outros vídeos) eu participo de um grupo muito querido por mim no Facebook, na verdade é um dos poucos grupos que realmente participo, gosto e vejo resultado, o Amigos de Páginas, não lembro como entrei no grupo, cai de paraquedas, fui extremamente bem recebida e lá fiquei e estou faz um bom tempo.

  Em todas as datas festivas geralmente são feitos os sorteios de Amigo Secreto da página e eu nunca havia participado, esta foi a primeira vez e foi uma experiencia maravilhosa que já quero repetir.
Agora sem mais conversas vamos ao vídeo que nos interessa!


  Lembrando que o meu canal é muito novo e o incentivo de vocês é de fundamental importância, visitem, curtam, compartilhem e se possível me seguir no YouTube ficarei imensamente feliz e irei retribuir com muito carinho. Não esqueçam de comentar aqui no blog também, estou fazendo o possivel pra tornar o meu (nosso) cantinho mais a cara de vocês, tenho muitos planos para 2018, mas para que tudo dê certo preciso ver algum interesse de vocês. 

Beijos da Lua e até a próxima postagem! <3

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Filme Resenha: Thor - Ragnarok



Oi Oi Lunatik's tudo bem por aqui?
Faz tempo que não falamos de resenhas, não é mesmo? Mas hoje não só vamos saciar nossa saudade de resenhas como vamos falar de filmes <3 Alguns dias atrás fui ao cinema assistir mais um filme do universo Marvel, Thor Ragnarok, era sem dúvidas um dos mais aguardados para este ano de 2017, então vamos ver o que achei?

Informações:
Titulo Original: Thor: Ragnarok
Direção: Taika Waititi
Gênero: Aventura, Fantasia
Duração: 130 min
Distribuidora: Marvel Studios, Walt Disney
Orçamento: US$ 120 milhões
Estreia: 26 de Outubro de 2017


Sinopse:
Em ‘Thor: Ragnarok‘, Thor é preso no outro lado do universo sem seu martelo poderoso. Ele encontra-se em uma corrida contra o tempo para voltar a Asgard e parar Ragnarok – a destruição de seu mundo natal e o fim da civilização Asgardiana – nas mãos de uma nova ameaça todo-poderosa, a implacável Hela. Mas primeiro ele deve sobreviver a uma disputa mortal de gladiadores que o coloca contra seu ex-aliado e companheiro dos Vingadores – o Incrível Hulk!





Opinião:
  Quem me conhece sabe que Thor sempre foi um dos meus personagens favoritos dos Vingadores, juntamente com Capitão América, e que como já citei lá em cima este era um dos filme que mais esperei no ano de 2017, não somente eu mas toda a critica de cinema; afinal é um filme chave para "Vingadores: Guerra Infinita". Durante a minha espera evitei de todas as formas possíveis assistir aos trailers que iam sendo liberados, e descobri que essa foi uma das minhas melhores escolhas, pois cheguei pra assistir ao filme sem muitos spoilers e cheia de expectativas.


  Logo nas primeiras cenas do filme percebemos que o Thor mudou, a atmosfera do filme mudou e o humor também e para a minha opinião as mudanças foram essenciais. Temos em Ragnarok um Thor bem mais despojado e com piadas a cada fala que vai ter, um Loki ciente de que não serve como o vilão da história e uma vilã que a não ser quem leu os quadrinhos tinha conhecimento, sem contar é claro na participação do Hulk e de uma personagem importante pro enredo da narrativa.


  Falando em Hulk devo dizer que de todos os filmes em que o grandão apareceu, essa foi a sua participação que mais ganhou meu coração, aqui podemos ver um pouco de quem é o Hulk e que ele não somente fala, mas tem sentimentos profundos e uma mágoa gigantesca. Quando Banner entra em cena também não desaponta, sendo quase que o mesmo perdido e bobo de sempre, mas desta vez em outros planetas.


  Apesar das mil maravilhas que achei do filme, devo citar que a vilã Hela foi sim muito pouco explorada, ela é uma vilã com muito potencial que o filme não explora e deixa a desejar, sendo no final das contas só um plano de fundo.


  As cenas de lutas são maravilhosas, a química entre os personagens e os autores é palpável e a relação entre Thor e Loki apesar de previsível continua encantando, enquanto a relação entre Thor e Hulk nos faz desejar saber bem mais sobre o grandão. A trilha sonora casa com o filme perfeitamente, principalmente nas cenas de ações e não esqueçam de que este filme traz duas cenas pós-créditos sendo uma delas o fio para o próximo filme dos "Vingadores".

  Thor - Ragnarok é sem dúvidas um dos melhores filmes solo do heroi, um filme que diverte e que nos deixa apreensivos com o futuro dos Vingadores, é um desses filmes que vale a pena a ida ao cinema e o tempo de espera, e devo finalizar dizendo que se você ainda não assistiu a este filme, por favor não perca mais tempo, garanto que não irá se arrepender!

Beijos da Lua!!
P.s.: Imagens retiradas do google, caso seja sua e você deseje os créditos avise-me.

Você Vai Gostar de Ler:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...